PRESTAÇÃO SOCIAL PARA A INCLUSÃO

Entrou em vigor no dia 01 de outubro de 2017, o Decreto-lei nº. 126/2017 de 06 de outubro que institui a Prestação Social para a Inclusão

Podem candidatar-se à prestação Social para a Inclusão, as pessoas  com grau de incapacidade igual ou superior a 60% que tenha sido certificada até aos 55 anos pela entidade competente através de Atestado Multiuso.

A prestação Social para a inclusão pode ir até aos 264, euros mensais, dependendo dos rendimentos do requerente.

Esta prestação é cumulável com rendimentos do trabalho e ontras prestações, tais como: Pensão de invalidez; pensão de viuvêz; pensão por acidente de trabalho; pensão por doença profissional, entre outras.

As pessoas com grau de incapacidade igual ou superior a 80%, tem direito ao montante maximo da prestação, 264,00 euros sem necessidade de preencher o anexo 1 (comprovação de rendimentos), 

A Prestação Social para a Inclusão é requerida com o preenchimento do formulário Mod. PSI 1 e Mod. PSI 1/1 que pode ser adquirido na Segurança Social ou através do portal da Segurança Social.

Informações adicionais e apoio no preenchimento do requerimento, contacte os nossos serviços.